Sexta-feira, 8 de Outubro de 2010

Max Brix Elisabeth

Conheci-o já lá vão muitos anos. Tantos que já não os conto. Um pouco por culpa do Raul que me falou do Festival Maré de Agosto e, me fez ir até à Ilha de Santa Maria, ou se calhar, um pouco por culpa deste meu gosto pelos artistas e que vai muito para além do espectáculo e do palco.

 

Lembro-me que havia uma discoteca, A Chaminé, e que foi para lá que foram os músicos e a organização do festival.

 

Eu, fui levada pelo Leo e pelos restantes músicos da Tânia Maria. O Max, com aquele seu jeito divertido e amigo de ser, explicava as entranhas da discoteca. Na visita guiada. levou-nos a um espaço vedado ao público. Lá, lembro-me bem, estavam a Tânia Maria, o marido, o Leo e eu.

Ouvimos todas as explicações, questionamos e divertimo-nos.

 

Passaram-se anos sem contacto. Quando nos encontramos, por culpa de um outro festival e de um grande amigo em comum, a amizade renasceu. Acompanhei de longe a luta. Sabia o que se passava. Mas ontem, ao saber que nos tinha deixado, senti-me vazia...

 

Homem da fotografia, amigo verdadeiro, dono de um sorriso fantástico e brilhante, um pai e tanto, fiel aos seus ideais e aos seus sonhos, contador de histórias fascinante,  partiu ontem.

 

A tua família Max, está de luto. Para além deles, a tua ilha, os Açores, o Mundo, as Artes (fotografia, música e teatro), os teus Amigos...

 

Lembrar-me-ei de ti, do teu abraço e do teu sorriso e, sentirei ao longo da vida, o calor da tua amizade.

 

Obrigada, Amigo!

 

Descansa em paz!

sinto-me:
escrito por Eusinha às 13:12

link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De Lynce a 8 de Outubro de 2010 às 21:30
É sempre muito complicado quando vemos partir um amigo. Mas é a leida vida...
Beijinhos e um bom fim de semana
:)))
De Eusinha a 10 de Outubro de 2010 às 16:32
É a lei da vida, sim. E é a certeza de todos nós. No entanto, custa...

Um beijinho para ti e obrigada pelo conforto das tuas palavras
De Lynce a 10 de Outubro de 2010 às 17:32
Não tens que agradecer, oh simpática. Apesar de ser a lei da vida, quanto mais tarde melhor,,,
Beijinhos e bom Domingo.
De Anónimo a 9 de Outubro de 2010 às 00:08
Sinto perfeitamente a tua perda, porque també perdi um grande amigo! neste momento de profunda tirsteza, fico feliz por saber que nunca será esquecido... pelos muitos aigos que soube fazer ao longo da sua existencia...
uma pessoa rara... unica e inesquecível
Guardarei para sempre o teu sorriso... e a tua amizade!
De Eusinha a 10 de Outubro de 2010 às 16:43
As marcas que o Max deixou em cada um de nós, que tivemos a felicidade de partilhar com ele momentos, sorrisos, abraços e amizade, nunca poderão ser apagadas. Era, como diz uma pessoa rara, única e inesquecível.
Seremos, com toda a certeza, capazes de demonstar que merecemos a amizade que nos dedicou, mantendo-o vivo em nós.

P.S. Lamento não saber a quem pertence este comentário. Será que nos conhecemos? Se entender por bem identificar-se, pode fazê-lo para o e-mail que está no meu perfil. Obrigada.

De Maria Araújo a 10 de Outubro de 2010 às 00:58
Lamento. Todos passamos por estes momentos tristes.
Costumo dizer "já cumpriu a sua tarefa".
E se este era um grande homem, então fica a sua obra e as saudades.

Beijinho
De Eusinha a 10 de Outubro de 2010 às 16:48
Obrigada peas tuas palavras.
Sinto-me grata por tê-lo tido como amigo. Ele era uma pessoa rara...
Um beijinho e bom domingo
De Lynce a 13 de Outubro de 2010 às 23:51
Olá simpática:)))
Também eu fui apanhado de surpresa com este honroso convite. mas prometo que voltarei aqui sempre que tiver oportunidade. Jamais esquecerei este blogue e de ti, por isso, tal como escrevi, esta pausa não é um adeus, mas um até já.
Beijinhos
:)))
De Eusinha a 20 de Outubro de 2010 às 22:05
Olá
Como está correr a tua "nova" vida? Torço por ti!
Eu também não me vou esquecer de ti, até porque nesta fase menos boa da minha vida, tu foste um pilar, ao qual me apoei, mesmo sem te ter pedido autorização...
Beijinhos

P.S. Desculpa só agora responder ao teu comentário mas, estou sem pc e só posso vir aqui quando me emprestam algum...
De Lynce a 21 de Outubro de 2010 às 00:14
Olá simpática:)))
Tenho tido imenso trabalho e, mesmo nas horas vagas, não deixo de pensar nas melhores estratégias para não defraudar quem em mim apostou. Felizmente está tudo a correr muito bem. Também sou uma pessoa bastante acessível e de fácil relacionamento, o que simplifica também o meu trabalho. Mas coordenar uma secção com 27 pessoas, não é fácil.

Não precisas de pedir desculpas por nada, respondeste quando pudeste.
Beijinhos e fica bem.
:)))
De viaggi in spagna a 4 de Novembro de 2010 às 15:56
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em seu blog que bom!
De viaggi in spagna a 4 de Novembro de 2010 às 15:58
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em seu blog que bom!

Comentar post

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. Cansa-me o egoísmo

. Apetece-me dizer um palav...

. Bom dia! E um sorriso.

. Entre partir e ficar

. ...

. OBRIGADA, Bernardo Sasset...

. Cesária Évora - a outra f...

. Breves

. Sentir pena ou vontade de...

. Quereres

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds