Sexta-feira, 16 de Abril de 2010

A noite

A noite vestiu-se de negro. Despediu-se da chuva e alegrou-se. Salpicou a saia com a luz das estrelas, dançou à volta da lua e, sentiu-se feliz.

 

Tão feliz que nem percebeu a inveja estampada nos rostos das mulheres que a olhavam. Ou percebeu e não lhe atribuiu importância.

 

Olhou-se no mar e viu a sua bela imagem refletida. Percebeu quão grande era a sua auto-estima. Entendeu, por fim, que era grande, imensa, diferente. Com uma beleza muito própria.

 

Rodopiou e escondeu-se atrás da montanha. Preparou-se para descansar e, deixou que o dia apagasse os vestígios da sua presença.

 

Logo, logo, voltaria, invencível...

 

Recostou-se e adormeceu... e sonhou... e foi feliz, muito feliz!

sinto-me:
escrito por Eusinha às 23:08

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

A maçã podre

Saí do trabalho cansada. E ainda tinha de ficar à espera dos meus filhos, duas horas. Felizmente, tinha comigo o fato de treino e os ténis. Troquei de roupa e fui andar para a marina.

 

Gosto de caminhar, sozinha, à beira mar. Os pensamentos surgem a um ritmo certo  e as ideias ocupam o seu lugar.

 

Após ter percorrido o percurso, desde o início da marina até ao extremo do molhe por diversas vezes, decidi parar na esplanada a beber uma àgua.

 

Escolhi uma mesa com sombra e sentei-me de frente para o mar.

 

Na mesa ao lado estava uma senhora e uma criança. Avò e neto.

 

Era, dada a proximidade, impossível não ouvir o que diziam.

 

A avó estava a contar ao neto a história das maçãs.

 

"... na mesma taça, estavam várias maçãs diferentes, verdes, vermelhas, golden, de inverno, enfim, de variados tipos, mas havia uma que estava podre. Apenas uma. A dona da casa, apressada como sempre, viu-a mas não a pôs no lixo.

- Fica para logo. Logo ponho-a no lixo. Agora não tenho tempo.

Esqueceu-se naquele dia e nos dois dias seguintes. Quando voltou a olhar para as maçãs, estavam todas podres, Umas totalmente, outras só um pouquinho.

Apenas uma maçã, tinha sido o suficiente para estragar as outras."

 

- Percebeste? Acontece o mesmo com as pessoas más. Ou se toma muito cuidado e nos afastamos, ou ficamos iguais a elas.

- Sim, "vó", percebi.

- Ainda bem. Tu és um menino bonito e esperto.

- Obrigado, "vó". Não quero ficar podre. Tenho de afastar-me das maçãs más.

 

Dei um sorriso e pensei: quantas maçãs podres andam a apodrecer o que de melhor existe entre as pessoas? Quão fácil é juntarmo-nos ao mal e quão difícil mantermo-nos fiéis à verdade, à amizade, ao amor...

 

Quão infelizes devem ser as maçãs podres?!  E quão invejosas da felicidade alheia?!

 

Gostei da analogia entre as maçãs e a vida...

 

 

 

sinto-me: bem
escrito por Eusinha às 08:51

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 22 de Novembro de 2008

Para que conste

Ando por aqui, apenas porque me apetece. Não tenho intuito de me imiscuir na vida de ninguém, nem me passa sequer pela ideia que alguém possa fazê-lo comigo. Aliás, não o admito sequer. Mexericos não me interessam nem um bocadinho. Não passam disso mesmo: mexericos. Ditos de gente mal intencionada, sem vida própria, que se ocupa da vida alheia, quiçá, justamente para desviar a atenção do podre e pobre que é a sua própria existência, deturpando verdades ou simplesmente inventado situações, que em nada abonam em favor dos próprios.

 

Nada procuro. Quero apenas um pequeno espaço para escrever. Este espaço.

 

Quando comento um post, faço-o apenas porque quero. Porque me disse algo ou porque achei que devia fazê-lo. Não têm, os meus comentários, segundas intenções. E, estou-me literalmente nas tintas para pensamentos que mentes perversas possam ter. Esses pensamentos são da inteira responsabilidade de quem os tens. Se deles e, por acção da palavra surgirem boatos, temos pena. São puro reflexo de uma pobreza de espírito e desconhecimento do ridículo a que se expõem quem os difunde.

 

Antes de contarem algo sobre alguém, lembrem-se da história das três peneiras.

Olhem-se ao espelho.

Melhorem o vosso "eu" interior.

Sorriam para dentro. Sorriam para fora. Sorriam, por tudo e por nada. Mas, sorriam!

E riam. Riam muito. Riam alto.

Aceitem-se tal como são: com defeitos e qualidades. Ninguém é perfeito. Uns são melhores numas coisas, outros noutras...

Completamo-nos nas fragilidades, com a força de quem nos rodeia.

 

Façam-me um favor: SEJAM FELIZES! MUITO FELIZES! e, deixem-me sê-lo, também.

sinto-me:
escrito por Eusinha às 10:25

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

Inveja

"...Mas não tema a inveja, caso ela surja. As únicas pessoas não-invejáveis são as medíocres e isso é uma coisa que você não quererá ser."

Li esta frase logo pela manhã.

Confesso que me fez pensar. A mim que digo sempre "não há nada em mim ou na minha vida para ser invejado, sou uma pessoa normal, com uma vida normal."

Bem... Após lê-la e relê-la e analisada a minha vida e analisado o meu eu mais secreto, sou levada a concordar.

Eu não sou uma pessoa medíocre, detentora de uma vida medíocre! Sou EUSINHA! Com tudo o que isso possa trazer de bom ou de mau.

Sendo assim, nós os "normais", somos possíveis alvos para os invejosos.

O que me leva a colocar algumas questões:

  • Quem são os invejosos?
  • Serão pessoas normais?
  • Serão pessoas medíocres?
  • Serão pessoas ditas nossas amigas?

Terei de amadurecer o pensamento e aguardar opiniões para então, tirar conclusões.

Mas lá que estou intrigada, estou.

 

 

 

sinto-me: bem... muito bem!
escrito por Eusinha às 17:31

link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. A noite

. A maçã podre

. Para que conste

. Inveja

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds