Domingo, 18 de Março de 2007

...a um puto FANTÁSTICO - ATC da FAP HH

FIM

Quando eu morrer batam em latas,

Rompam aos saltos e aos pinotes

Façam estalar no ar chicotes

Chamem palhaços e acrobatas.

Que o meu caixão vá sobre um burro

Ajaezado à andaluza:

A um morto nada se recusa,

E eu quero por força ir de burro...

Mário de Sá Carneiro

Ao longo da vida, tenho perdido amigos para a Vida e tenho, também, perdido amigos para a Morte.

Os que perco para a vida, não eram de facto verdadeiros amigos.

Os que perco para a morte, são-no na verdadeira acepção da palavra.

Tu, foste um guerreiro. Lutaste contra a doença e contra a morte, de igual para igual.

No verão passado, quando foste operado pela última vez, foi-nos dito que a tua esperança de vida era de apenas 2 ou 3 meses.

De cabeça erguida encorajaste-nos, sim, porque eras tu quem nos dava coragem para continuarmos ao teu lado na luta e na esperança. Sempre com o teu sorriso dizias estar bem e continuas em frente, com uma coragem desmedida, não querias ver ninguém triste.

Mesmo longe de nós, sempre que sabias de alguma festa, eras tu quem dizia:

- Mas, o que é que vocês estão a fazer em casa? Não há festa em...?

Sei que não gostarias de ver lágrimas nos rostos daqueles que, quer de uma forma ou de outra, sentem a tua partida.

Gostarias muito mais de uma boa musiquinha... Não era?

Foi exactamente por isso que me lembrei deste poema de Mário de Sá Carneiro.

Que haja festa na tua partida, meu amigo.

Descansa em Paz!

 

sinto-me:
música: Fim - Trovante
escrito por Eusinha às 12:41

link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De lovenox a 18 de Março de 2007 às 18:33
A morte é sempre algo que nos deixa tristes, especialmente se se apoderar dfe alguém do nosso meio, das nossas relações.
Ao longo da minha vida profissional tenho acompanhado muitas histórias de vida, e muitas de morte, algumas até muito perto de mim.
Na minha profissão, a morte quase que se adivinha através daquilo que nos passa pelas mãos.
A homenagem que aqui deixas, além de sentida, parece-me que pode ser encarada como a tua despedida pessoal, intima e verdadeira.
Beijinhos, e que a despedida desta pessoa na tua vida se torne uma lição de vida.
De Eusinha a 19 de Março de 2007 às 18:39
Obrigada pelas tuas palavras.
Não só a despedida é uma lição de vida para mim, como também o foi toda a luta que a antecedeu.
Não sei qual a tua profissão mas adivinho-te profissional de saúde e, se assim é, suponho que conheças muitos casos, que como este do meu amigo, trazem o desfecho anunciado numa questão de tempo.
Beijinhos
De apenasMadalena a 19 de Março de 2007 às 15:18
Muito bonita esta homenagem que deixas aqui a um amigo que partiu, mas que lutou, não cruzou os braços perante a doença, o que lhe dá mito valor, na minha opinião, já que talvez a grande maioria das pessoas tenha horror à morte e quando ela lhe bate à porta, deixa-se ficar e levar por ela, sem batalhar.
Bjokas e coragem miga
Madalena
De Eusinha a 19 de Março de 2007 às 18:43
Obrigada pelo apoio.
Vou ter coragem, tenho de tê-la, eu e todos quantos nos cruzamos com ele na estrada da vida.
A mesma coragem que ele sempre demonstrou, lutando.
Beijinho
De Pituxinha a 20 de Março de 2007 às 13:31
Bonita homenagem, amiga! Muito sentida! O teu amigo, lá no céu de certeza está contente por ter uma amiga como tu. E ele foi uma pessoa muito corajosa, lutou até ao fim, é de louvar! Beijinhos e força amiga!
De daniela a 13 de Abril de 2007 às 18:42
força!
encontrei este post exactamente porque estava à procura deste poema para enviar a uma amiga que perdeu um amigo há uns dias...
é triste saber que tantos partem antes do tempo.
grande beijinho,

daniela carmo simões
De Eusinha a 15 de Abril de 2007 às 16:00
Olá Daniela
Fico feliz por saber que pude de alguma forma ser útil, ainda que por mais umas vez, ter havido lugar à partida antecipada de alguém .
Espero receber novamente a tua visita.
Um beijinho grande para ti e à tua amiga um abraço cheio de todo o calor humano, sempre necessário nestas alturas.

Comentar post

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. Cansa-me o egoísmo

. Apetece-me dizer um palav...

. Bom dia! E um sorriso.

. Entre partir e ficar

. ...

. OBRIGADA, Bernardo Sasset...

. Cesária Évora - a outra f...

. Breves

. Sentir pena ou vontade de...

. Quereres

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds