Sexta-feira, 10 de Agosto de 2007

Adeus

Sim, estou cansada e farta de tudo isto. Acompanha-me um imenso  desconforto e uma enorme frustação.

- Desculpa se te desiludi!

Desiludir? Sabes é necessário existirem ilusões para que as desilusões aconteçam. E, eu, já não tinha ilusões...

Se tivesses falado antes, em mágoa, aí sim. Porque mágoa é o que me corrói o interior neste momento.

Mas também o que é que isso te interessa? A partir de agora, estás, para sempre fora da minha vida e dos meus planos para o futuro.

Esquecer-te não vai ser fácil, mas não é impossível. Nada é impossível!

Até porque eu não reconheço a impossibilidade de realizar os sonhos que me fazem viver.

Neste caso, que não sei se poderei chamar "nosso", a impossibilidade resultou do cansaço  que toda esta luta me  causou  e da tua gélida indeferença.  Mas acredita, vou reencontrar-me, descobrir o meu rumo e ser feliz.

Alcançar a minha  felicidade, e fazer daqueles que me rodeiam pessoas felizes, é a minha meta prioritária. Sei que sou capaz de o conseguir. Quando? Hoje, e todos os dias da minha vida. Com esforço, eu sei, mas vou conseguir.

Afinal, de tudo o que me propus fazer até hoje, só não consegui uma:  ser feliz contigo , conquistando o teu amor.

Paciência! Paciência, mesmo.

Não morrerei  disso.  Morrerei de outro mal qualquer, mas nunca de mal de amor.

Quanto a ti, espero que sejas feliz. Que faças felizes os que te rodeiam.

Adeus.
sinto-me:
tags: , , ,
escrito por Eusinha às 15:48

link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De loira incompreendida a 11 de Agosto de 2007 às 17:08
Pois, morrer de amor é algo que muitas vezes acontece. Há muitas maneiras de morrer, a ida para dentro de um caixão é a mais banal de todas elas. Pode-se morrer deixando, pura e simplesmente, de acreditar no amor.
Mas ainda bem que não te propões a fazê-lo, devemos sempre lutar e emergir, recomeçando de novo a procura por alguém que nos ame.
Beijos
De Eusinha a 12 de Agosto de 2007 às 12:15
Olá. Obrigada pelas tuas palavras. Não pretendo, de todo, entregar-me à tristeza de não ser amada pela pessoa que amo. Continuo a acreditar no amor, e espero ter força e dignidade suficiente para não me deixar abater.
Um beijinho e bom domingo
De Just Moments a 15 de Agosto de 2007 às 18:45
Olá!!
Guardar algo que te recorde, e admitir que o podes esquecer!???
Lembrar e fácil para quem tem memoria esquecer e difícil para quem tem coração....

Beijinhos

Comentar post

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. Cansa-me o egoísmo

. Apetece-me dizer um palav...

. Bom dia! E um sorriso.

. Entre partir e ficar

. ...

. OBRIGADA, Bernardo Sasset...

. Cesária Évora - a outra f...

. Breves

. Sentir pena ou vontade de...

. Quereres

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds