Domingo, 9 de Setembro de 2007

Manhã cinzenta e a minha loucura

Estou como a manhã, cinzenta. Cinzenta e triste.

Não gosto que os planos me saiam furados, mas todos nós sabemos que isso acontece, com maior frequência do que o desejável e, hoje tudo corre e acontece ao contrário. Apetecia-me dizer uma série de asneiras, de palavras menos bonitas, mas de nada adiantaria. Antes pelo contrário, poderia piorar tudo.

 

O relógio despertou por volta das sete horas, levantei-me de um salto, cheia de energia, espreito pela janela, e é um dia escuro, triste e chuvoso que me saúda. Pronto. O dia estava estragado. A peregrinação, com aquele estado de tempo não poderia ser feita...

Volto ao quarto ainda indecisa. Quererão as minhas companheiras de jornada, arriscar?

 

Faço uma breve ligação telefónica e fico desde logo a saber que estava tudo cancelado. Ficaria para o próximo ano... Pois que seja... mas não gosto de adiar o planeado.

 

Ligo a máquina do café, ponho o pão na torradeira e, surpresa das surpresas, falhou a electricidade. Dirigi-me ao quadro central e estava tudo ligado. Tudo bem. Enquanto aguardo que a electricidade volte, decido ir tomar um banho. Um banho quente com alguns jactos de água gelada vão ajudar-me a suportar o dia. Pensei eu, e mal. Após alguns pingos quentes (que diga-se foram poucos), a água começa a correr gelada. Não era de todo o pretendido... Enrolo-me na toalha, vou até á botija e nova surpresa: vazia! Banho gelado.

 

Só havia uma alternativa, voltar para a cama.

 

Foi o que fiz.

 

A chuva caía forte. Embalou-me num sono doce. O sono transportou-me ao país dos sonhos. Encontrei-te lá. Nem sei porquê. Ultimamente nem tenho pensado em ti... Mas eras tu quem l á estava. Acusavas-me não sei de quê. Percebi que de entre muitas coisas, dizias que me tinha esquecido do dia 7 de Setembro e que te tinha mentido. Desculpa, mas eu nunca te menti. NUNCA! E, lamentavelmente, não posso dizer o contr á rio. Acordei sobressaltada. Eram onze horas.

 

Já tinha electricidade. Levantei-me. Preparei um café forte, fiz as torradas e apercebi-me que a tristeza tinha estendido o seu manto sobre mim. A energia que me tinha acompanhado durante toda a semana, tinha desaparecido. Senti-me cansada e sem forças para lutar fosse pelo que fosse.

 

Nem mesmo a possibilidade de uma alteração da rotina, nos próximos dias, me trouxe algum ânimo. A verdade é que sinto-me completa e absolutamente perdida.

 

Tentei pensar positivo, nas coisas boas que tinham acontecido nos últimos tempos. As etapas percorridas em direcção à concretização dos sonhos. Nada me conseguia animar. Nem mesmo o facto de já estar inscrita na Escola de Condução para tirar carta de moto pesada, se isso me animou. Nada.

 

Vou dar uma volta a isto. Apesar do dia continuar cinzento, apesar da chuva continuar a cair, apesar de... e de..., vou dar a volta por cima. Não é assim que tenho feito de outras vezes? Não é assim que tem de ser feito?

 

Dei por mim a pensar que gostaria muito de sair, ir até Coimbra, estar com alguns amigos que ainda tenho por lá quem sabe até esticar a noite? Ir até à Vinyl , dançar muito. Nem sei como está a Vinyl , o Xano vendeu aquilo... Ou se calhar nem interessava o local, desde que estivesse em Coimbra e entre amigos, qualquer barzinho da moda (ou não) servia., desde que eu pudesse dançar, muito. Aceito sugestões. A que locais podemos ir, na noite de Coimbra ?

 

Eu sei, estou louca. Completamente. Será que a minha insanidade mental se transformou na minha forma de vida? É bem possível. Decidi soltar as amarras e o resultado foi a loucura. Internem-me. Não conheço os nomes dos hospitais psiqui á tricos portugueses, mas de entre todos deve haver um que me aceite. E que me deixe lá ficar até ao fim dos meus dias. Não mereço estar noutro lado. E lá ninguém mais se lembraria de mim... E de lá não traria mais dissabores a ninguém...

 

Enfim...

sinto-me: louca
escrito por Eusinha às 13:20

link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De lovenox a 10 de Setembro de 2007 às 15:58
Ora minha amiga dia de azar....a Vinyl está bem e recomenda-se fez a reentree este sabado e agora já podes ouvir os sucessos da vinyl em vinyl fm rádio 103.9. zona centro do pais....obrigado por te lembrares de Coimbra.
De Eusinha a 13 de Setembro de 2007 às 21:25
Olá
Obrigada por essas notícias fresquinhas da Vinyl. Pena que na região onde moro não consiga ouvir os sucessos da Vinyl na rádio. Sabes se está on-line? Com alguma dificuldade talvez conseguisse aceder...
Não me agradeças por me lembrar de Coimbra. Essa cidade está sempre no meu coração. Ainda ontem à noite, passei lá de comboio e apeteceu-me ficar lá...
Um beijinho
Eusinha
De manuel josé a 13 de Setembro de 2007 às 19:06
Olá Eusa

Isso é o que se pode dizer, que um azar nunca vem só. Penso que fizeste o que alguém pensante faria, que era voltar a ir para a cama e dormir até que tudo voltasse à normalidade.
Mas apesar dos incidentes, eu teria ido dar uma volta debaixo do cinzento dia. Porque até gosto.
E depois da cara lavada pela chuva, e talvez com as roupas encharcadas, sabe bem um banhito de água quente.
Depois sim, depois ficaria por trás duma vidraça a ver chover e a ler um agradável livro, intervalando com umas compotas e bolos caseiros acompanhado de um delicioso chá.

Ah! gostei imenso deste post, continua.
Até breve
Um beijinho
De Eusinha a 13 de Setembro de 2007 às 21:34
Olá meu amigo
Sabes, eu também gosto de passear à chuva, mas só quando estou bem disposta (o que não era o caso). A descrição que fizeste foi perfeita, até me apeteceu comer a compota, os bolos caseiros e beber o chá.
Obrigada por me continuares a visitar e a ler-me.
Beijinhos
Eusinha

Comentar post

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. Cansa-me o egoísmo

. Apetece-me dizer um palav...

. Bom dia! E um sorriso.

. Entre partir e ficar

. ...

. OBRIGADA, Bernardo Sasset...

. Cesária Évora - a outra f...

. Breves

. Sentir pena ou vontade de...

. Quereres

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds