Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

Cada um vale pelo que vale...

 

Sempre soube, mas hoje tornou-se por demais marcante o facto de a maior parte de nós não ter significado absolutamente nenhum para a grande maioria das pessoas que nos rodeiam, independentemente da distância a que se encontrem.

 

Eu, não sou o contrário dessa maioria. Por isso valho o que valho, ou seja NADA.

 

Sinto-me uma ilha. Completamente isolada e sem qualquer tipo de vida.

 

Fazer de conta que conseguiria ultrapassar a indiferença e até mesmo a  indiferença com que me tratam, exigiu de mim, muito mais do que eu imaginava. A resistência e o esforço deram cabo de mim.

 

Sim, estou triste, desiludida, sozinha, desanimada, deprimida, esquecida, infeliz, amargurada e sem vontade ou coragem de continuar.

 

música: Everybody Hurts - REM
escrito por Eusinha às 21:16

link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Just Moments a 19 de Outubro de 2007 às 23:55
Olá AMIGA!!

Podes sentir tudo isso..mas sózinha não estás!!

Então os amigos (mesmo virtuais) estão aqui!!

E servimos para que??

Beijinhos queridos e FORÇA
De manuel josé a 22 de Outubro de 2007 às 15:17
Olá

O significado que cada um pode atribuir a cada um, muitas vezes depende do seu estado de espírito, entre outros factores não menos importantes.
Por vezes, a indiferença existe no nosso cérebro como forma de nos sentirmos presos ao nada, ou porque sentimos a falta daquele apoio que nos impulsiona para o caminho da compreensão e do carinho.
A resistência e o esfoço, que deves continuar a partilhar dár-te-à novas vantagens para voltar a brilhar o Sol da Alegria.
Enquanto houver alguém que te comenta ou que pensa nos teus post's, nunca te deves sentir sozinha.
Vamos a fazer uma análise dos momentos mais marcantes da tua vida e certamente que concluirás que estás a fazer uma tempestade dentro de um copo de água.
Não esqueças que somos o reflexo daquilo que pensamos.
Um beijinho e até breve.

manuel josé
De lovenox a 23 de Outubro de 2007 às 16:21
Olá, este teu post está lá no fundo, então?? sempre temos valor para alguem, e por mais que pensemos que não há sempre alguem que nos dá importancia....ás vezes bem queremos encontrar uma ilha deserta, quem sabe não és a ilha de alguem e não sabes?????

Comentar post

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. Cansa-me o egoísmo

. Apetece-me dizer um palav...

. Bom dia! E um sorriso.

. Entre partir e ficar

. ...

. OBRIGADA, Bernardo Sasset...

. Cesária Évora - a outra f...

. Breves

. Sentir pena ou vontade de...

. Quereres

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds