Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

O descanso da Guerreira

 

Após uma semana de férias, com nota negativa, voltei ao trabalho.

 

O caos, instalado na minha secretária: processos pendentes no programa de entradas (informático), os processos de pessoal desorganizados, para já não falar de papéis soltos que, deveriam estar anexos aos processos e se encontravam espalhados um pouco por todo o tampo da secretária, o arquivo atrasado, etc.

 

Se já me havia arrependido de ter tirado férias, o arrependimento duplicou.

 

Após tentar organizar as coisas de forma a que ninguém saísse prejudicado, do caos e da desorganização, deparei-me com uma série de problemas criados por uma colega. Obviamente que me ocuparam imenso tempo, porque por pura incompetência, malandrice e atrevimento, a menina em causa pura e simplesmente se negou a cooperar.

 

A coisa deu para o torto, ao ponto de me ter tentado tramar, o que teria acontecido, não fosse a atenção de uma colega, que acompanhou todo o desenrolar das situações e por iniciativa própria, resolveu ficar alerta.

 

O desfecho de tudo isto ficará conhecido nos próximos dias. Espero eu.

 

Como se isso não fosse suficiente, comecei no sábado passado em reuniões e conferências, que terminaram ontem. Já para não falar de duas semanas em que a minha amiga (in)sónia foi uma companheira inseparável, deixando-me dormir (apenas) cerca de três horas por noite.

 

O que me levou a tomar uma decisão. Hoje, após a minha chegada a casa, o tempo é meu. Só meu.

 

O jantar está pronto e  os miúdos tem os TPC's feitos.

 

Na casa de banho, a banheira de hidromassagem, está a encher de água bem quente. Os óleos estão prontos para serem colocados na água. E eu, eu vou deliciar-me com o banho a relaxar com as "borbulhas".

 

Depois disso, espera-me um pijama fofinho, um puff , um livro e um whisky-cola com 3 rodelas de limão (adoro limão).

 

Amanhã será um novo dia. Um dia de trabalho. Muito trabalho. Mas hoje... hoje vou desfrutar do merecido "Descanso da Guerreira "

 

 

 

 

escrito por Eusinha às 18:27

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De manuel josé a 20 de Novembro de 2007 às 12:11
Olá

Já percebi que as coisas não estão a correr bem para os teus lados.
Mas ... não desanimes. Não vais ficar parada no meio da estrada à espera que sejas atropelada. Não medites apenas, toma também uma atitude firme e sólida.
Sendo o problema complexo, o melhor é dividi-lo em partes e vencer cada uma das partes separadamente. Mas jamais desanimes e vais ver que dificuldade superada é problema resolvido.
A vida apresenta-nos problemas às vezes difíceis. Ter bom ânimo e coragem ajuda-nos a vencer todas as dificuldades.
E até diria que não importa o tamanho do problema mas sim o tamanho da motivação para o resolver. Para isso Jamais percas a força que está dentro de ti.

Um beijinho

Comentar post

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. Cansa-me o egoísmo

. Apetece-me dizer um palav...

. Bom dia! E um sorriso.

. Entre partir e ficar

. ...

. OBRIGADA, Bernardo Sasset...

. Cesária Évora - a outra f...

. Breves

. Sentir pena ou vontade de...

. Quereres

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds