Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

Não

 

Não escolhi apaixonar-me, mas apaixonei-me

Não escolhi amar-te, mas amei-te

Não pretendia anular-me, mas anulei-me

Não queria sofrer, mas sofri

Não queria morrer e... morri!

 

Agora, espero pelo momento

(aquele momento certo)

Em que possa gritar:

RENASCI!

sinto-me:
escrito por Eusinha às 13:38

link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Rui Oliveira a 29 de Novembro de 2007 às 15:26
Ninguém escolhe os sentimentos e muito menos a quem os mostrar, não escolhemos de quem gostamos..
Mas escolhemos a forma de levantar a cabeça, e de saber aplicar o "Não" para nosso bem estar... Para mim isso é que é renascer
De loira incompreendida a 30 de Novembro de 2007 às 19:08
estou a lutar com todas as minhas forças para que desta vez, desta vez, seja pra valer, que este romance não acabe novamente com estas palavras...



mas no fundo, sei que vai acabar. acaba sempre assim, em lágrimas, dor, vazios...



beijinhos amiga, e que renasças depressa
De Pedro de Sousa a 1 de Dezembro de 2007 às 11:40
Ola

Isso parece realmente um grito de desespero...

Porquê afinal? Diz o poeta "Enquanto ha vida, Ha esperança"

E ha uma canção...
"Mas se todo o mundo
é composto de mudança...
...
que ainda o dia é uma criança"

Renasces a todo o momento...

Beijinhos
De sonhador a 17 de Dezembro de 2007 às 12:35
Desejo-te um Natal repleto de Felicidades, de Amor e Paz.

Que tenhamos a consciência que o rancor, o ódio, e outros sentimentos mesquinhos a nada levam, apenas corrompem nossa alma.

Que tenhamos a Paz de Espírito para o discernimento correcto de que estamos a fazer aquilo que é justo e correcto para nós e nossos semelhantes.

Que tenhamos o prazer de ser útil a alguém. E que o novíssimo ano 2008, seja um ano de muitas transformações e realizações para todos, não só no campo material, mas principalmente na nossa alma, no nosso "eu" interior.

Desejo-te o que for justo, belo, sereno e louvável ao olhos do criador.

Que neste Natal os anjos desçam do céu e iluminem o teu sorriso para que ele se torne tão sincero quanto o sorriso de uma criança.

E que tu transmitas a paz e o amor a todos aqueles
que se aproximarem de ti.



Feliz Natal e Próspero Ano Novo

Sonho

Comentar post

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. Cansa-me o egoísmo

. Apetece-me dizer um palav...

. Bom dia! E um sorriso.

. Entre partir e ficar

. ...

. OBRIGADA, Bernardo Sasset...

. Cesária Évora - a outra f...

. Breves

. Sentir pena ou vontade de...

. Quereres

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds