Terça-feira, 18 de Abril de 2006

Eu existo!

Estou cansada.

Tive uma noite de insónia e um dia stressante.

Alimentei durante todo o dia a esperança que me dirias alguma coisa, como não o fizeste, estou a passar do desespero e angústia da espera à raiva de ser tão tonta ao ponto de pensar e acreditar que me ligarias.

A raiva não a sinto de ti, mas de mim.

Porque me dirias tu alguma coisa?

Tens tudo. Porque te preocuparias em ligar-me?

Sou mesmo uma parva.

O que me vale são as pequenas surpresas que a vida, pelas mãos de alguns que me rodeiam, me proporciona.

Aquelas pequenas coisas...

Sabes, aquelas que são tão pequenas como um sorriso, como os olhares que se cruzam na cumplicidade do momento, como toque da mão de uma criança.

Não mereço ficar nesta espera contínua e absurda, do desconhecido e incerto futuro contigo.

Vou trabalhar por mim e para mim, para a minha felicidade e realização, sem estar continuamente à espera de alguém que, só quando não tem mais nada para fazer se lembra que eu existo.

EU EXISTO!

Não sou bonita, não sou nova, não sou pessoa à tua altura (talvez), mas existo. Sou Eusinha !

E, garanto-te vou lutar por mim e pelos meus sonhos.

 

sinto-me:
tags:
escrito por Eusinha às 23:14

link do post | comentar | favorito

.mais sobre o meu "eu"

.pesquisar no meu cantinho

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.escritos recentes

. Cansa-me o egoísmo

. Apetece-me dizer um palav...

. Bom dia! E um sorriso.

. Entre partir e ficar

. ...

. OBRIGADA, Bernardo Sasset...

. Cesária Évora - a outra f...

. Breves

. Sentir pena ou vontade de...

. Quereres

.coisas que eu já escrevi

.tags

. todas as tags

.favorito

. De dois em dois o caracol...

. Como irritar o signo de …

. O que alguém escreveu sob...

. Saudade

. Pensamento (meu) sobre o ...

. Paixão Motard

. DEDICADO A TI; AMIGA

. Sinto falta

. Abraço

. Sim...

blogs SAPO

.subscrever feeds