6 comentários:
De Miguel a 29 de Setembro de 2009 às 13:44
De Amor, os poemas pequenos parecem ser os melhores,
como por exemplo, este escrito por Hafiz (ou Hafez), um poeta turco do apogeu da civilização islâmica):

"O mundo é uma concha gigante com uma pérola maravilhosa...
Tu!"

E ainda há, nos dias de hoje, quem considere que este é um poema inompleto.
De Eusinha a 29 de Setembro de 2009 às 15:30
Perfeito! Obrigada por tê-lo partilhado comigo.

Volte sempre.

Comentar post