3 comentários:
De libel a 31 de Maio de 2010 às 10:00
Eusinha adorei esse poema!!..A vida por vezes fica parada, sem acção, sem companhia, sem evolução, mas o desejo toca tudo pra frente, o desejo nos leva a viver essa vida, não pela metade, mas com muitas outras metades!!..

Beijokas amiga...

p.s..Não te esqueças de me avisar qd vieres a Lisboa, o churraskinho correu super bem, tens fotos no meu blog, vais cuscar amiga..
De Eusinha a 4 de Junho de 2010 às 23:14
Olá Libel
Também gostei muito deste poema.
A vida, por vezes, força-nos a fazer paragens, pausas para recuperarmos o fôlego para novas etapas...
Já fui espreitar o teu cantinho. Percebi o quanto foi agradável o vosso encontro.
Ainda estou à espera de uma data definitiva para a minha ida a Lisboa. Quando souber alguma coisa digo-te.

Obrigada pelo carinho. Beijinhos
De Lynce a 5 de Junho de 2010 às 00:22
Adorei o teu post, fizeste uma excelente escolha, parabéns.
Bom fim de semana!
:))

Comentar post